Construção com Tijolo Ecológico

Conhecido pelos nomes técnicos de tijolo modular de solo-cimento e bloco de terra comprimida (BTC). O tijolo ecológico é produzido a partir da mistura de terra, cimento e água (solo-cimento) e é possível ser encontrado nos seguintes modelos: Tijolo inteiro, meio tijolo, canaleta e tijolo maciço para pisos. O solo utilizado é de fácil acesso e abundantemente encontrado em nossa região, pois é do tipo arenoso.

O processo de fabricação do solo-cimento é feito em prensa hidráulica, para assim dar ao tijolo ecológico sua forma. Após a conformação, o tijolo ecológico necessita permanecer umedecido durante vários dias, para poder ocorrer a “cura” do solo-cimento e consequentemente endurecer, para que assim possa estar pronto para ser transportado e utilizado na obra.

Durante a obra, o assentamento do tijolo é realizado através de encaixes entre as peças, não havendo a necessidade da utilização de argamassa, mas devendo sempre estar atento ao alinhamento das fiadas de tijolos e prumo da alvenaria.

 

Vantagens da utilização do tijolo ecológico

  • Praticidade no assentamento, possibilitando mais rapidez na construção da alvenaria;
  • Melhor conforto térmico na edificação e ótimo isolamento termoacústico;
  • Instalações elétricas e hidráulicas são embutidas nos próprios furos, não havendo a necessidade de quebra da alvenaria;
  • Depois de finalizada, alvenaria pode ser deixada à vista ou receber qualquer revestimento convencional, podendo ser feito apenas a impermeabilização, possuindo ótima durabilidade quando bem feita;
  • Não necessita ser cozido em fornos, assim poluindo menos o meio ambiente;
  • Gera pouco entulho ao final da obra;
  • Melhor distribuição de cargas nas estruturas proporcionando maior segurança, sendo até 6x mais resistentes, além de ter ótima durabilidade;
  • Facilita instalações elétricas e hidráulicas. Dispensa o quebra-quebra nas paredes;
  • Possui redução de 80% em cimento e 50% da ferragem armada utilizada, dessa maneira gerando economia;
  • Economia de 100% no uso de madeiras nas caixarias dos pilares, vergas e contra-vergas;
  • Economia de 100% da massa de assentamento, pois determinados fabricantes fazem tijolos ecológicos com encaixe perfeito, não necessitando da argamassa de assentamento.

Desvantagens da utilização do tijolo ecológico

  •  Necessita de mão de obra feita por profissionais qualificados;
  • Tem capacidade de absorver mais umidade, dessa forma necessita de melhor cuidado quanto a sua impermeabilização;
  • Possui restrições quanto a futuras reformas, principalmente para novos vãos;
  • Tem baixa resistência aos impactos nas quinas e nos cantos;
  • Há á falta de padronização entre os modelos que possui no mercado;
  • As paredes possuem maior espessura assim diminuindo a área útil dos cômodos da construção.

Custo benefício

O custo benefício da obra feita com tijolo ecológico varia conforme a região, e na época em que fizemos essa matéria, ele custava um pouco mais que o dobro dos valores de tijolos convencionais, entretanto, os tijolos ecológicos possuem o dobro do tamanho dos tijolos comuns, dessa maneira reduzindo 50% da utilização de tijolos quando comparado a outros tipos.

 

FONTE: Tudo construção

By | 2018-05-07T10:41:11+00:00 janeiro 23rd, 2018|Arquitetura, Construção, Materias|

Deixar Um Comentário

ORÇAMENTO VIA WHATSS APP

Quer projetar ou construir uma casa ?

ENVIAR MENSAGEM 
 
11 98127-6395
close-link
error: Conteúdo protegido por direitos autorais.