Coifa residencial: definição, modos de funcionamento e tipos

A coifa residencial é um eletrodoméstico que serve para renovar o ar da cozinha, retirando do ambiente a fumaça e o cheiro de gordura que resultam do preparo de alimentos no fogão. Por isso, ele deve ficar localizada em cima do equipamento para cocção.

O aparelho apresenta dois modos de funcionamento: exaustor e depurador.

Na maioria das vezes, as coifas são vendidas com as duas funções integradas, ficando a cargo do consumidor optar pela função a ser instalada.

Coifa residencial – modo exaustor

Nesse modo de funcionamento a coifa residencial capta o ar da cozinha, por meio de um motor, e expele-o para fora da residência por meio de uma tubulação.

Instalação

A instalação da coifa tipo exaustor é complexa, já que há necessidade de uma tubulação para a expulsão do ar do ambiente interno.

Se a residência não tiver sido edificada já com esperas para a instalação dos dutos, será preciso auxílio profissional para saber se é possível coloca-los. Mesmo se a residência já tiver as esperas para os dutos, a presença de profissionais para a instalação da coifa se faz necessária. Isto porque é preciso cortar o forro para fixar a tubulação vertical.

Ao utilizar a coifa no modo exaustor, recomenda-se a retirada dos filtros para que o ar passe com mais facilidade.

Manutenção e limpeza

A manutenção da coifa no modo exaustor é bem mais simples. Não há o acumulo de gordura e outros resíduos no filtro. O ar captado é diretamente expelido pelos dutos para fora da residência.

O único cuidado necessário que o usuário deve ter é com a coifa propriamente dita. Mas o fato de o eletrodoméstico ser de inox e alumínio facilita sua limpeza.

Coifa residencial – modo depurador

Nesse modo de funcionamento a coifa residencial suga o ar da cozinha, filtra as impurezas e devolve-o para o ambiente por meio de aberturas laterais existentes no corpo do eletrodoméstico.

Instalação

Para instalar a coifa no modo depurador é preciso seguir apenas o que diz o manual de instrução.

A ajuda profissional é desnecessária, porque não há intervenções no forro. O bom funcionamento desse tipo de coifa depende somente de um ponto de energia elétrico próximo ao local onde ficará o equipamento e uma superfície que suporte o peso do eletrodoméstico.

Justamente por não precisar de dutos, a coifa depuradora apresenta dimensões mais compactas, que a torna mais recomendada para apartamentos ou cozinhas pequenas.

Manutenção e limpeza

A coifa no modo depurador apresenta um sistema com dois filtros: um de alumínio e outro de carvão ativado. A troca desses aparatos precisa ser feita periodicamente porque eles armazenam resíduos.

Há coifas com dispositivos que indicam quando o filtro está saturado. Para coifas sem esta função, recomenda-se a lavagem mensal do filtro de alumínio e substituição do filtro de carvão a cada 4 meses ou quando for notado o acúmulo de gordura.

Tamanho e distância da coifa residencial ao fogão

As coifas existentes no mercado variam entre 60 cm e 120 cm de comprimento. O tamanho de coifa a ser utilizada em uma cozinha é diretamente proporcional ao tamanho do fogão.

Para fogões com quatro bocas, indica-se coifas de até 70 cm. Para fogões de cinco ou seis bocas, sugere-se que se empregue coifas de 80 cm a 120 cm.

Conforme recomendações dos fabricantes, a distância entre a coifa e a mesa do fogão varia entre 65 cm e 80 cm, dependendo do modelo (elétrico ou a gás) fogão e de como (na parede ou em ilha) o fogão está situado na cozinha.

Para fogões elétricos, recomenda-se 65 cm. Para os equipamentos a gás, aconselha-se 75 cm. Fogões sobre ilha (mesmo cooktops) devem apresentar uma distância de 75 cm em relação à coifa. Já aos eletrodomésticos encostados na parede, recomenda-se uma distância maior: 80 cm.

Respeitar o tamanho e altura da coifa é imprescindível para que ela funcione da maneira mais eficiente possível.

Cálculo de potência

Ao escolher uma coifa residencial, o consumidor deve levar em consideração um importante aspecto: a potência de sucção do equipamento. Ela deve ser adequada ao tamanho da cozinha, no sentido de garantir que a fumaça e o cheiro sejam eliminados totalmente.

Quanto maior a cozinha maior deve ser a potência do aparelho. Conforme alguns fabricantes, para se chegar ao valor de sucção mínimo (em m³ por hora) que a coifa necessita ter, o consumidor precisa multiplicar a largura, a altura e comprimento de sua cozinha por dez.

Claro que outros fatores também contam como a intensidade, o tipo de uso e a quantidade de janelas e portas. Quem usa muito o fogão, preparando frituras, por exemplo, deve buscar uma coifa mais potente. Do mesmo modo, para quem tem uma cozinha com muitas aberturas ou do tipo americana.

Tipos de coifa

• Coifas de parede

Para fogões encostados na parede. Trata-se do modelo mais comum no mercado e de mais fácil instalação, já que não é preciso furar o teto. Por serem posicionadas na parede, essas coifas tendem a ser mais eficientes, pois necessitam fazer a sucção de apenas três lados do ambiente. Por essa mesma razão são menos suscetíveis a correntes de ar.

Coifa de parede

Coifa de parede é o modelo mais comum do mercado

• Coifas de ilha

Para fogões instalados em balcões no meio da cozinha. Direcionadas a lugares mais espaçosos onde essa acomodação é possível. Coifas desse tipo precisam ser instaladas no teto. Por serem pesadas, recomenda-se evitar o encaixe em forros de gesso ou de madeira. Devido a sua disposição no espaço, as coifas de ilha precisam ser mais potentes. Por localizaram-se no meio do ambiente são mais suscetíveis a correntes de ar.

• Coifas de embutir

São instaladas de forma disfarçada na cozinha, normalmente entre prateleiras e armários, por isso há necessidade de adequar os móveis para o recebimento do eletrodoméstico. Sua grande vantagem é estética.

• Coifas suspensas

Com design caraterístico, lembram muitas vezes uma luminária pendente. Costumam funcionar apenas no modo depurador. Também apresentam como maior vantagem a parte estética.

By | 2019-09-16T17:24:41+00:00 16 de setembro de 2019|Arquitetura, Construção, Design, Materias, Mercado imobiliario|

Deixar Um Comentário

ORÇAMENTO VIA WHATSS APP

Quer projetar ou construir uma casa ?

ENVIAR MENSAGEM 
 
11 98127-6395
close-link
error: Conteúdo protegido por direitos autorais.